Exclusividade

Olhares Podcast

Bate papo 17149

Ela ressalta como principais reivindicações das mulheres o pré-natal, creches para os filhos e mais tempo com os filhos recém-nascidos por exemplo. Ramine conta que em entrou em vigor a lei que garante que as mulheres passem mais tempo com os seus filhos no pós-parto. Lucía conta que a violência contra a mulher também é algo preocupante, uma vez que sete em cada dez mulheres relatam ter sofrido algum tipo de violência em um país pequeno como o Uruguai. Sendo assim, abortos clandestinos continuam existindo, porque as imigrantes, por exemplo, só podem ter acesso ao serviço após um ano residindo no país. Em seguida, a peruana Diony Gallegos toma a palavra e começa sua fala ressaltando a multiplicidade de movimentos de mulheres no Peru, dando destaque para o movimento indígena. No entanto, Gallegos diz estar observando uma mudança de paradigmas com a descoberta histórica de mulheres que tiveram grande prestígio no passado.

Acabou a desculpa! Abaixo, seguem os programas citados. A lista é grande, mas com ela podemos perceber como é possível ser mulher e falar sobre o que nós quisermos. A pesquisa é direcionada para a pessoa, ou seja, se o prospecto tem mais de uma mulher na equipe, pedimos que você encaminhe para ela responder também. Responda a pesquisa mulherespodcasters e nos ajude a aumentar essa lista!

Pela primeira vez, o festival vai abrir com uma conversa entre crianças, de 9 a 11 anos, para falar do longínquo. Um espaço para falar dos sonhos, desejos e inventividades dessas mulheres. Ainda no primeiro dia, às 21h, o festival fatura com a performance Meu corporação e minha voz aliados à minha dignidade - homenagem a Paula, Interpretada por Yahndra Iriarte e produzido pelo Movimento Social da Mulher Cartagena e Bolívar. A Converse, apoiadora do evento, acredita que a arte tem o poder de refletir os tempos atuais e provocar conversas capazes de mudar o universo. Pela primeira vez em treze anos, teremos a honra de abrir o festival com uma conversa entre crianças. O papo de Futuro é uma troca de ideais com 5 crianças pretas cariocas, com idade de 9 a 11 anos.

Leave a Comment