Exclusividade

'Por que decidi parar de querer controlar meu marido - e recomendo isso a outras mulheres'

Mulher casada 24127

Nitidamente ofendida, minha sogra negou. E aí foi a maior treta. Falou tudo isso assim, na lata. Na mesa, ninguém respirava. Ela dizia que era filho biológico de seu marido, enquanto meu sogro permanecia em silêncio.

Buddhi Devi tinha 14 anos quando ficou noiva. As pessoas daqui tiravam o sustento de pequenas fazendas localizadas nas encostas das montanhas, a uma altitude de 3. Buddhi Devi, de 70 anos, que casou com dois homens, em sua casa na cidade indiana de Malang em julho. Eles dividem tudo. Nenhum dos cinco filhos de Devi vive numa família poliândrica. Malang fica no Vale Lahaul, um dos lugares mais remotos e isolados da Índia.

Eu me sentia constrangida, com raiva e ressentida. Quer dizer, totalidade homem gosta de sexo, certo? Quanto mais eu falava para o meu marido como ele deveria ser, menos ele tentava. Gastei milhares de dólares levemente para ficar mais perto do divórcio do que eu estava antes. Foi uma experiência em humildade reconhecer que eu tinha que fazer algo a respeito dos problemas do meu casório e até a respeito do meu primeiro casamento fracassado. Mas também me fez sentir restante poder. Pensei que estivesse sendo racional, que estava ajudando. Nunca vou esquecer do dia em que, pela primeira vez, pedi desculpas ao meu marido por ter sido grossa e ter corrigido ele em frente dos nossos filhos, ou pelo dia em que disse tanto faz quando, antes, eu tinha expressado opiniões fortes sobre o que ele deveria fazer. Crédito, Kathy Murray Kathy contou que também ajudou a amiga Bonnie dir.

Leave a Comment