Exclusividade

Oito sinais revelam que você está em uma relação só por comodismo

Relações de 52821

A confiança, segundo o jovem, é fundamental. E estar longe pode ser tanto vantagem quanto desvantagem. Isso colabora. De Recife, o biólogo Leandro Agra, 29 anos, deixou a capital pernambucana em abril de para fazer doutorado na Universidade de Brasília UnB. O namoro entre os dois começou cerca de um mês antes de Leandro se mudar e se tornou, mesmo a distância, um noivado. A saudade é a grande dificuldade do casal. O biólogo conta que, em alguns dias, a vontade de estar perto da noiva bate mais forte. Leandro acredita que, se existe realmente a vontade de manter o relacionamento, a distância pode ser superada.

Por Arnaldo Cheixas Siga Terapeuta analítico-comportamental e mestre em Neurociências e Comportamento pela USP, Cheixas propõe usar a psicologia na abordo de temas relevantes sobre a vida na metrópole. Embora os brasileiros em geral façam sexo mais frequentemente que o povo do norte do continente, aproximadamente um terço afirma que o casamento atrapalha a vida sexual. Por que isso acontece e o que fazer diante do problema? Desentendimentos e brigas muito frequentes.

Identificar qual deles vocês vêm enfrentando ajuda bastante a resolver as brigas. Uma possibilidade? A lacuna de tempo para a convivência a dois, como fazer passeios, conversar, se dedicar um ao outro. Exercite a empatia Mais de reclamar ou acusar o outro de alguma coisa, respire fundo e coloque-se no plaga da pessoa: e se fosse você que tivesse de ouvir toda a ladainha, recebesse acusações e fosse interrompida cada vez que tentasse explicar algo? Torne uma DR produtiva É convencedor que existem exceções, mas, de modo geral, homens gostam de conversas curtas. Para eles, um papo longo e diversificado é uma tortura, pois eles costumam perder o fio da meada e ficar confusos.

Muito legal. É engraçado ver que muitos países do norte da Europa têm tantas similaridades. Noruega, Suécia, Dinamarca, Países Baixos… a gente poderia até escrever em conjunto um texto sobre esses países e suas similaridades. Eu faço parte do grupo casadas com estrangeiros! É escandaloso! É inglesa e louca! Continue lendo o blog, tem muita cousa interessante! Muito boa sua matéria! Eu gostaria de saber restante sobre os direitos da parentela na Dinamarca se for possível… Tenho um amigo muito querido que perdeu tudo para a ex esposa, inclusive a filha!

Leave a Comment